sábado, 28 de março de 2015

KÁTIA - (2015) SUCESSOS DASANTIGAS

Kátia aparece aqui, de novo, em nosso blogue de música popular brasileira, agora para comemorarmos a passagem de seus cinquenta e três anos de idade, completados no último dia 26 de março.

E a gente comemora em alto estilo, com esta coletânea de quinze dos seus grandes sucessos. Trata-se de uma compilação encontrada pela internet, originalmente em formato de videoclipe, agora reorganizada, melhorada e atribuída uma capa definitiva, que você só encontra aqui no MÚSICA DAS ANTIGAS.

Vá lá... Baixe, curta e compartilhe as pérolas da eterna afilhada de Roberto Carlos...


Faixas:

01 Ah, Esse Amor
02 Até Quando
03 Lembranças
04 Qualquer Jeito
05 Idas E Voltas
06 Desejos (Part. Esp. José Augusto)
07 Jogo Marcado
08 De Igual Pra Igual
09 Sozinha
10 Eu Te Amo Tanto
11 Se Eu Ficar Sem Você
12 Coração Ferido
13 Previsões (Part. Esp. Elymar Santos)
14 Junto A Mim
15 Me Ensina O Que Fazer


PERLA - (1981) DISCO DE OURO (VOL. 3)

Perla, nome artístico de Ermelinda Pedroso Rodríguez D'Almeida, nascida em Caacupé, em 17 de março de 1952, é uma cantora paraguaio-brasileira. Nascida e criada no Paraguai, mudou-se para o Brasil bem jovem em busca de oportunidades e desafios. Consagrou-se na década de 1970, com o sucesso "Fernando", versão em português de uma música do grupo ABBA, dessa mesma década. Ao longo de sua carreira, vendeu mais de quinze milhões de álbuns, Ganhou onze discos de ouro, dois de platina, um de platina duplo, entre outras premiações. Oriunda de família de músicos paraguaios, Perla fazia parte do grupo "Las Maravillas del Paraguay" com o pai e os irmãos. No início da década de 1970, devido a uma relação amorosa, deixou o grupo e foi para o Brasil, fixando-se depois na cidade paulista de Santos.

Chegando o Rio, na década de 1970, Perla começou a se apresentar em casas noturnas, como "O Bigode do Meu Tio", em Vila Isabel (RJ). Seu repertório consiste basicamente em versões. Começou a fazer sucesso em meados da década de 1970, conquistando grande aceitação entre o público popular. Seu repertório é composto de tendências que vão das guarânias e boleros a versões de músicas pertencentes ao mundo pop, ficando conhecida como cantora romântica. Gravou várias versões de músicas do conjunto sueco ABBA. Nessa fase, o seu maior sucesso foi a versão que ela fez para "Fernando", em 1976, incluída no LP "Palavras de Amor". Em 1979, lançou um LP no qual as músicas apresentavam arranjos da disco-music, em voga na época, destacando-se uma versão para "Love's in the Air". Fez também versões para canções italianas e norte-americanas. Ao longo das décadas de 1980 e 1990, manteve-se ativa, apresentando-se em shows e programas, além de gravar alguns discos independentes financiados pelo seu fã-clube. Desse período, destaca-se o sucesso "Pequenina", versão de "Chiquitita", do grupo ABBA. Lançou em 1999 o CD "Especialmente Para Você".

Em maio de 2002, lançou o disco "Perla Canta ABBA e Outros Hits", elaborado a partir de uma compilação de sucessos da cantora, feita pelo pesquisador Rodrigo Faour . A festa de lançamento foi realizada na boate gay Le Boy, de Copacabana, no Rio de Janeiro. A escolha do local privilegia um dos segmentos do público da cantora, que a reconhece como linda diva.


(Fonte: Wikipedia - revisada e adaptada.)


Faixas:

01 Pequenina (Chiquitita)
02 Dá-me Um Beijo (Eso Es El Amor)
03 Veneza Do Amor (Venezia No)
04 El Dia Que Me Quieras
05 Casanova
06 La Bamba
07 Trem Do Amor (One Way Ticket To The Blues)
08 Férias De Amor (Hooray! Hooray! It's A Holiholiday)
09 É A Felicidade (La Felicidad De Poder Volar)
10 Cuba (Quiero Bailar La Salsa)
11 Um Momento De Amor (La Maladie D'Amour)
12 Índia
13 Te Amo Tanto (Piano, Piano... M'Innamorai Di Te)
14 Dona Tartaruga (La Tartaruga)


ROBERTO LEAL - (2007) CONVITE PARA OUVIR

Roberto Leal, nome artístico de António Joaquim Fernandes, nascido no Vale da Porca, em 27 de novembro de 1951, é um ator e cantor português radicado no Brasil. Devido a seu sucesso alcançado na década de 1970, apresenta-se como um embaixador da cultura portuguesa no Brasil. Roberto Leal já vendeu mais de dezessete milhões de discos e ganhou cerca de trinta discos de ouro e cinco de platina. Emigrou para o Brasil aos onze anos de idade, em 1962, juntamente com os pais e nove irmãos, em cinco viagens. Em São Paulo (SP), após trabalhar como sapateiro e vendedor de doces, iniciou a carreira de cantor de fados e músicas românticas.

Em 1971 o cantor obtém o seu primeiro grande sucesso com "Arrebita", conhecida pelo seu refrão "Ai, cachopa, se tu queres ser bonita, arrebita, arrebita, arrebita", após aparição no Programa do Chacrinha. Logo após, começou a ganhar grande popularidade apresentando-se em diversos programas de auditório no Brasil. Em 1978, participou do filme "Milagre: O Poder da Fé", que contou com participação especial de alguns nomes importantes, como o apresentador Chacrinha, Elke Maravilha e a atriz Lolita Rodrigues. Lançado em 1979, o filme aborda a história de sua vida. Dirigido por Hércules Breseghelo, teve partes filmadas na cidade natal do cantor.

Além do repertório romântico-popular, em seus discos costuma trabalhar a mistura de ritmos lusitanos aos brasileiros, além de gravar em estilos tipicamente brasileiros como o forró. Quase todo seu repertório é composto de faixas de sua autoria e em parceria com a esposa Márcia Lúcia, com quem é casado e tem três filhos brasileiros. A canção "Arrebita" serviu de inspiração para a música "Vira-Vira", sucesso da banda Mamonas Assassinas, na década de 1990.

No ano de 2007, Roberto Leal lançou o CD "Canto da Terra" e, em 2009, "Raiç/Raízes". Nesses discos, gravou músicas em mirandês, para divulgar a segunda língua oficial de Portugal. Estes discos lhe conferiram prêmios e condecorações da crítica de música portuguesa, pelo estudo aprofundado de instrumentos musicais muito usados na música mirandesa, como a gaitas de fole. 

(...) Roberto Leal vive entre o Brasil e Portugal, além de se apresentar em países da América do Sul e Europa, divulgando a cultura portuguesa. Até hoje, são lançadas coletâneas de seus principais sucessos, além dos novos trabalhos, que, além do Brasil, também são vendidos em Portugal.


(Fonte: Wikipedia - revisada e adaptada.)


Faixas:

01 Carimbó Português
02 O Malhão
03 Que Bela A Vida
04 Menina Faceira
05 A Dança Do Siriá / Siriá / Pescador / Maçariquinho / Siriá / Bate O Pé No Chão / Pescador
06 Bate O Pé
07 Arrebita
08 Verde Gaio
09 Moreninha Linda
10 Como É Linda A Minha Aldeia (Part. Esp. Dalvan)
11 Uma Casa Portuguesa
12 Na Casa Da Mariquinha
13 Dá Cá Um Beijo
14 Um Velho Me Disse
15 O Milagre De Santo Ambrósio
16 As Pernas Da Carolina
17 A Dança Do Tiro Liro
18 Minha Ilha (Casatschok)
19 Baile Dos Passarinhos
20 A Banda Chegou


RITCHIE - (2002) AS MELHORES

Richard David Court, ou Ritchie, nascido em 06 de março de 1952, é um cantor e compositor inglês radicado no Brasil, autor de vários sucessos como "Menina Veneno", "A Vida Tem Dessas Coisas" entre outros. Nascido em Beckenham, condado de Kent, Inglaterra, morou em diversos países, como Quênia, Dinamarca, Alemanha e Escócia, além de várias localidades na Inglaterra por ser filho de militar. 

No Brasil, fixa-se primeiro em São Paulo (SP), onde monta a banda Scaladácia, com Fábio Gasparini (guitarras), Sérgio Kaffa (baixo), e Azael Rodrigues (bateria). Com o fim da banda, no final de 1973, Ritchie se muda para o Rio de Janeiro (RJ) com a mulher, a estilista e arquiteta Leda Zucarelli. No Rio, dá aulas de inglês para Paulo Moura, Gal Costa entre vários outros; também participa como flautista na banda Barca do Sol, até entrar como vocalista do Vímana, ao lado de Lulu Santos, Lobão, Luis Simas e Fernando Gama. Com o fim da banda, cada integrante segue seu caminho. Em 1983, Ritchie lança seu LP "Voo de Coração", que traz sucessos como "Menina Veneno", e vende mais de um milhão de cópias, proeza até então só realizada pelo rei Roberto Carlos.

Ao longo da carreira, Ritchie lança vários trabalhos solo. Durante os anos 90, trabalha com sonorização de sites musicais e mídia digital. Em 2002, retorna com um CD de inéditas, intitulado "Auto Fidelidade". Em 2005, une-se a vários astros oitentistas e gravam um CD e DVD ao vivo, "Anos 80", produzido pelo Multishow. Ritchie participa em 2003 de um tributo aos "Secos & Molhados" e grava a música "Fala", tema da novela "A Favorita", da Rede Globo de televisão. Em julho de 2009, o cantor lança o CD/DVD/Blu-ray "Ritchie - Outra Vez (Ao Vivo no Estúdio)" - uma produção independente do artista, pelo selo Pop Songs. Trata-se do primeiro blu-ray de um artista nacional independente.

Três anos após seu DVD, comemorando sessenta anos de idade e trinta de carreira solo, Ritchie lançou seu primeiro álbum como interprete, intitulado "60". Nesse disco, o cantor interpreta canções da década de 60, mas que não ficaram tão conhecidas pelo grande público.


(Fonte: Ritchie Fã Clube Oficial - revisada.)


Faixas:

01 Telenotícias
02 Menina Veneno
03 ...E A Vida Continua...
04 Nesse Avião
05 Casanova
06 Pelo Interfone
07 A Mulher Invisível
08 Bons Amigos
09 Sopra O Vento
10 A Vida Tem Dessas Coisas
11 Insônia
12 Coisas Do Coração
13 Baby, Meu Bem (Te Amo)
14 Bad Boy
15 A Carta (The Letter)
16 Preço Do Prazer


ROSANA - (2002) AS MELHORES

Rosana, aniversariante do dia 07 de março, comemorou sessenta e um anos de vida e mais um de uma carreira brilhante pelos caminhos da música popular brasileira.

Nesta postagem, mais uma boa coletânea de seus principais sucessos. Entre eles, estão "Direto No Olhar", "Onde O Amor Me Leva", "Gata De Rua", "A Paixão E O Amor", além da mais que clássica "O Amor E O Poder".


Faixas:

01 Vício Fatal (Let's Stay Together) (Ao Vivo)
02 Gata De Rua
03 Batida De Amor
04 Coração Selvagem
05 O Amor E O Poder (The Power Of Love)
06 Nada A Perder
07 Jogo Perigoso
08 A Paixão E O Amor
09 Shangrilá
10 Onde O Amor Me Leva
11 A Paixão
12 Do Nada Pra Lugar Nenhum
13 O Dom Do Nosso Amor (Lovin' You)
14 Direto No Olhar (Ao Vivo)


quinta-feira, 19 de março de 2015

FREDSON - (2015) SUCESSOS DASANTIGAS

Outra bela coletânea do cantor popular Fredson, em comemoração de seus setenta e oito anos de idade, no próximo dia 25 de março.

Ícone das áureas épocas de Jovem Guarda, Fredson Cerqueira, além de continuar a sua carreira de cantor, é também radialista na Rádio Povo AM de Feira de Santana (BA), mídia na qual resgata os antigos sucessos populares.

Nesta coletânea exclusiva estão os sucessos "A Saudade Mata A Gente", "Nem O Diabo Vai Tirar Você De Mim", "Nem De Brincadeira", "História Igualzinha À Nossa", "Só Pode Ser Feitiço", "Na Hora Do Amor" e outras excelentes contribuições do cantor baiano ao cancioneiro popular.

Longa vida a Fredson!


Faixas:

01 A Saudade Mata A Gente
02 Nem O Diabo Vai Tirar Você De Mim
03 Nem De Brincadeira
04 Você Tem Outro Em Meu Lugar
05 História Igualzinha À Nossa
06 O Que Vale É O Nosso Amor
07 Apanha Ele E Você
08 Benzinho, Me Beija
09 Menina Abelha
10 Nada Mais Interessa
11 Mentirinha
12 O Guarda Da Barra
13 Só Pode Ser Feitiço
14 Suzy, Eu Quero Seu Amor
15 Na Hora Do Amor
16 Cadê Aquela Felicidade?
17 Vamos Fazer Um Acordo
18 O Bem Que Fez
19 Só Vivo Pensando Em Ti
20 Vou Levar Você Comigo

linque

LENO & LILIAN - (1997) DEUS É QUEM SABE (ANTOLOGIA 1972-1973)

Pra comemorar o aniversário de Lílian, no próximo dia 30 de março, a gente poe pros leitores do MÚSICA DAS ANTIGAS uma das melhores coletâneas da dupla Leno & Lílian. Pra quem deseja conhecer mais da história na dupla, uma pequena introdução...

Leno & Lílian era uma dupla de cantores que começou a se apresentar nos anos 60, no programa Jovem Guarda. Era formada por Gileno Osório Wanderley de Azevedo e Sílvia Lília Barrie Knapp.

Em 1966, a dupla lançou o primeiro disco, com as canções "Pobre Menina" e "Devolva-me". O primeiro LP, gravado logo em seguida, incluía essas duas primeiras músicas e ainda "Eu Não Sabia Que Você Existia", outro sucesso. Já em 1968, com uma separação da dupla, Leno seguiu carreira solo e gravou alguns discos com relativo êxito. Em 1972, eles voltam a se apresentar juntos. Nesse período, lançam canções produzidas e compostas por Raulzito (Raul Seixas), Renato Barros e outros autores, além de composições próprias. Ao longo das décadas de 1970 e 1980, Lílian e Leno desenvolveram carreiras solo, com alguns breves reencontros. Em 1980, Lílian obteve grande sucesso com a canção "Sou Rebelde". Nesta época, Lílian posa nua para uma edição especial da revista Homem, da Idéia Editorial.

Nos anos 90, Leno & Lílian participaram de shows comemorativos aos trinta anos de Jovem Guarda e apresentaram-se juntos ou separadamente. Alguns discos da dupla e individuais de Leno foram relançados em CD. Em 2001, Lílian volta em dose dupla: com o CD Lilian Knapp, seu primeiro álbum desde 1992, e o livro "Como um Conto de Fadas" (Editora Qualigraph), pequeno volume que é uma espécie de "autobiografia informal" da cantora.

Atualmente, Lilian (sob o nome Lil Knapp) faz parte da dupla de rock Kynna com o baterista Kdu Nolla. A dupla chegou a gravar alguns clássicos do rock nacional, com arranjos e cordas do guitarrista Luis Carlini. Leno segue fazendo shows em todo o Brasil, que tão cedo começou a conhecer. Acabou de gravar seu novo DVD, com sucessos e músicas inéditas, além de estar em fase de divulgação do seu novo CD, "Canções com Raulzito", em parceria com o também lendário Raul Seixas.


(Fonte: Wikipedia - revisada.)


Faixas:

01 Um Drink Ou Dois
02 Dias Iguais (Day After Day)
03 Ambiente Estúdio
04 Objeto Voador
05 Deus É Quem Sabe
06 Esqueça E Perdoa
07 Amantes De Verão (Los Amantes De Verano)
08 Um Olhar Perdido (O Edifício)
09 A Tarde Em Que Te Amei (La Tarde En Que Te Amé)
10 O Que Fazer Em São Paulo Na Primavera
11 Não Me Deixe Sozinho Esta Noite
12 Quem Me Dera
13 Eu Te Dispensei
14 Não Chore, Baby
15 Aquele Tempo
16 A Menina E Eu (Jody And The Kid)
17 O Trovador (Song Man)
18 É Tarde Pra Se Arrepender
19 Rogando Praga (Faixa Bônus)


WANDERLEY CARDOSO - (2004) SELEÇÃO DE OURO (20 SUCESSOS)

Nascido no bairro paulistano do Belenzinho, em 10 de março de 1945, Wanderley Cardoso começou a carreira de intérprete aos treze anos. (...) Depois de cinco anos dedicados ao estudos, o cantor investiu com força no showbiz. Seu primeiro sucesso, gravado em 1965, chamava-se "Preste Atenção". Rapidamente, tornou-se um dos ídolos da Jovem Guarda, ganhando o apelido de "O Bom Rapaz", título de seu grande sucesso gravado em 1967, que vendeu mais de cinco milhões de cópias.

Wanderley Cardoso foi apresentador de rádio e televisão e participou como um dos Trapalhões no programa "Os Adoráveis Trapalhões", na extinta TV Excelsior, ao lado de Renato Aragão, Ted Boy Marino e Ivon Curi. O cantor aparece em um número musical no filme de 1966 de Renato Aragão, Na Onda do Iê-iê-iê, no qual também pode ser visto Wilton Franco, que criou o famoso programa humorístico para a TV Excelsior.

Depois da Jovem Guarda e d"Os Adoráveis Trapalhões", o cantor foi contratado por Silvio Santos, em 1970, juntamente com Paulo Sérgio e Antônio Marcos, para apresentar-se semanalmente no quadro "Os galãs cantam e dançam na TV", que trazia, além dos três contratados fixos, vários cantores convidados. Nesta fase, o cantor manteve o romantismo em seus shows e discos.

No início dos anos 70, Wanderley Cardoso foi barbaramente espancado na cidade de Uberaba, Minas Gerais, onde realizaria um show. O ato de violência foi praticado por vários "playboys", ricos fazendeiros e industriais da região. Os fatos não foram devidamente apurados, devido ao grande poder dos empresários de Uberaba junto aos militares que governavam o país.

No cinema, o cantor protagonizou vários filmes e participou de algumas peças de teatro e telenovelas. Outro de seus sucessos foi "Adeus, Ingrata", lançado no filme "O Pobre Príncipe Encantado", que contava com a participação de Flávio Migliaccio e Vanusa.

Ao longo de sua carreira, Wanderley Cardoso gravou mais de novecentas músicas e vendeu cerca de dezesseis milhões de cópias de seus oitenta e quatro discos. Morando no Rio de Janeiro (RJ), mais preciso na Ilha do Governador, é evangélico, embora cante músicas da áurea época da Jovem Guarda, assim como suas mais novas canções gospel. Nos últimos anos, lançou um DVD, com participações de vários artistas brasileiros.


(Fonte: Wikipedia - revisada e adaptada.)


Faixas:

01 Preste Atenção (Fais Attention)
02 Meu Amor Brigou Comigo
03 O Pic-Nic
04 O Bom Rapaz
05 Não Posso Controlar Meu Pensamento
06 Minhas Lágrimas
07 O Canudinho
08 Não Te Amo Mais (Je Ne T'Aime Plus)
09 Promessa
10 Fale Baixinho (Speak Softly Love)
11 Adeus Às Ilusões (The Shadow Of Your Smile)
12 Se Ela Voltar
13 Socorro, Nosso Amor Está Morrendo
14 Você Zangada É Feia
15 Caso De Emergência
16 Sempre Lhe Direi (Lady Lay)
17 Goodbye, My Love, Goodbye (Goodbye, My Love, Goodbye)
18 Beatles
19 Eles Precisam Saber
20 Sempre No Meu Coração (Always In My Heart)


PAULO SÉRGIO - (2011) 20 MAIORES SUCESSOS

O mês de março é um dos meses mais importantes para música popular brasileira, principalmente porque é marco de para boa parte de seus representantes. O cantor capixaba Paulo Sergio é outro que aniversaria neste mês. Não tivesse morrido há trinta e cinco anos, o cantor e compositor completaria setenta e um anos de idade. Paulo Sergio faleceu vítima de acidente vascular encefálico, o popular derrame, em 1980, embora nunca tivesse saído da lembrança dos fãs.

Os "20 Maiores Sucessos", coletânea de 2011, traz, entre outras, as faixas "Não Creio Em Mais Nada", "Eu Te Amo, Eu Te Venero", "Índia", "No Dia Em Que Parti", "Benzinho" e a clássica "Última Canção".


Faixas:

01 Última Canção
02 Desiludido
03 Pelo Amor De Deus
04 Benzinho (Dear Someone)
05 O Amor Desfolhou
06 Sorri, Meu Bem
07 No Dia Em Que Parti
08 Índia
09 Veja
10 Agora Quem Parte Sou Eu
11 Pra Esquecer Que Você Existe
12 Minhas Qualidades, Meus Defeitos
13 Minha Madrinha
14 O Amor Espera Por Nós Dois
15 Eu Te Amo, Eu Te Venero
16 Não Creio Em Mais Nada
17 Amor Tem Que Ser Amor
18 La Bohème
19 Quero Ver Você Feliz
20 Quando A Saudade Partir


NELSON NED - (1997) SELEÇÃO DE OURO

O saudoso Nelson Ned, referenciado por muitos como "O Pequeno Gigante da Canção", completaria no último dia 02 de março sessenta e oito anos de idade, data que foi lembrada pela imensa legião de fãs que o cantor deixou, após a sua morte, no ano passado, O cantor, já com avançada doença, faleceu por complicações de uma pneumonia, aos sessenta e seis anos.

Pra relembrar a carreira de um dos maiores cantores populares brasileiros, o MÚSICA DAS ANTIGAS posta pros leitores e fãs esta excelente coletânea de seus maiores sucessos, deixando também, claro, as suas máximas reverências...


Faixas:

01 Tudo Passará
02 Ninguém Irá Te Amar Mais Que Eu
03 Meu Ciúme
04 Daria Tudo Pra Você Estar Aqui
05 Que Pena, Que Pena
06 Esquece, Coração, Esquece
07 Se As Flores Pudessem Falar
08 Domingo À Tarde
09 Deus Abençoe As Crianças
10 A Canção Que Dedico A Você
11 Antes Que Seja Tarde
12 Eu Também Sou Sentimental


quarta-feira, 11 de março de 2015

FRANKITO LOPES - (2015) AS MULHERES DE FRANKITO

Ainda nas celebrações do Dia Internacional da Mulher, do último dia 08 de março, o MÚSICA DAS ANTIGAS aproveita a coincidência de datas pra relembrar um dos aniversariantes mais célebres do mês: Frankito Lopes, "O Índio Apaixonado".

No último dia 06 de março, comemorou-se pelos recantos mais bregas deste país o nascimento de um de seus principais ícones, aquele também conhecido como "O Rei dos Bregueiros". Dois dias após, o mundo relembrava o histórico fato do incêndio criminoso que matou as trabalhadoras de uma fábrica em Nova Iorque (EUA). O episódio é um dos marcos do Dia Internacional da Mulher.

Vai aí portanto uma dupla homenagem. Frankito para elas... Frankito para todos...


Faixas:

01 A Mulher Que Eu Sempre Quis
02 Não Posso Dizer O Nome Dela
03 Galopeira
04 Keorly
05 Cleide
06 Luciene
07 Nete
08 Daniela
09 Índia
10 Minha Índia
11 Índia Dengosa
12 Ciganinha Bonitinha
13 Professora
14 Menina Linda
15 Obrigado, Minha Fã


JUCA MEDALHA - (1998) AS MELHORES DE JUCA MEDALHA

Jucelin Pereira de Medeiros, conhecido como Juca Medalha, começou sua carreira como cantor aos doze anos, em um concurso de calouros em Belém (PA). Com trinta e cinco anos de carreira e dezoito CDs gravados, o cantor é mais um que adere ao modismo da música gospel e abandona as suas origens populares. Apesar, claro, de ganhar uns bocados de níqueis com revivals e coletâneas de sua antiga carreira. Como nosso blogue é de afirmação da música popular, vamos ao que de fato interessa.

A coletânea da gravadora Atração é das poucas possíveis de se achar no mercado. São catorze faixas do mais puro brega, num disco digno de colecionadores.

Pra quem não conhece, fica a sugestão. Pra quem mata a saudade do velho Juca, se abrir uma, chama a gente...


Faixas:

01 Não Vivo Sem Você
02 Sem Você
03 Help
04 Escute, Amor
05 Aquele Beijo
06 Jamais Te Esquecerei
07 Meu Caso De Amor
08 Pensamento Meu
09 Meu Bem, Tu Vem
10 Por Favor
11 Sinceramente
12 Pensamento Em Você
13 A Volta
14 A Partida


CESAR SAMPAIO - (1998) MINHA HISTÓRIA (14 SUCESSOS)

Para comemorarmos mais um aniversário de Cesar Sampaio, no próximo dia 14 de março, vai aí mais uma coletânea do artista carioca, consagrado nos anos setenta.

Cesar Sampaio ainda está na ativa e, com a leva de rememorações daquela geração romântica-popular dos anos setenta nos anos 2000, voltou com gás total aos palcos, de onde nunca deveria sair.

Saudações ao eterno cantor de "Secretária da Beira do Cais"!


Faixas:

01 Secretária Da Beira Do Cais
02 Uma Lágrima Na Garganta
03 Vestida De Noiva (Vestida De Novia)
04 Que Pena Me Dá
05 De Repente
06 Hoje, Eu Não Quero Você
07 Culpado Por Amar
08 Saudade Antiga
09 Há Dez Minutos Atrás
10 Livros Antigos
11 Marcas No Rosto
12 Só Quero Saber
13 Por Dentro, Estou Morrendo (Tu Cariño Se Me Va)
14 A Vida Tem Dessas Coisas


CARMEN SILVA - (1996) 20 PREFERIDAS

Carmen Silva, a "A Pérola Negra", como é considerada por muitos de seus fãs, completa no próximo dia 22 de março sessenta e um anos de vida e, apesar de ser mais uma que enveredou pela música chamada gospel e pelo fundamentalismo religioso, tem um passado de glória na música popular brasileira.

Muito antes da fama como artista popular, para quem não se lembra, Carmen Silva foi também empregada doméstica e babá, o que lhe rendeu admiração e nobres referências daquelas categorias profissionais, embora a reciproca não tenha sido à altura por parte da artista.

Apesar de ser praticamente impossível separarmos os aspectos biográficos dos artísticos, ficam os parabéns a esta que foi uma das principais cantoras populares brasileiras da geração romântica dos anos setenta e oitenta.


Faixas:

01 Fofurinha
02 O Destino Nos Separou
03 É Sempre Um Começo
04 Trimilique
05 Te Amo, Te Amo... (Habana De Cuba)
06 Ave Sem Ninho
07 Como É Fácil Dizer Te Amo
08 Sapequinha
09 Nosso Amor Está Por Um Triz
10 Paixão Infinita
11 Coração Ferido
12 Vanerão Rasgado
13 Tempero Bom
14 Prisioneira Do Amor
15 Nunca Mais Solidão
16 Baile Na Fazenda (Badjo Na Fazenda)
17 Personagem Principal
18 A Saudade Faz Sofrer
19 Minha Doce Loucura (Bia Lulucha)
20 Dor Bandida


ALÍPIO MARTINS - (1996) 20 PREFERIDAS

Mês de março é mês de relembrar o saudoso Alípio Martins, o rei do esculacho. No dia 24 de março de 1997, falecia o cantor e produtor musical, vítima de complicações geradas por um câncer de estômago.

Alípio Martins é considerado por muitos do universo musical popular como um de seus maiores ícones, tanto por sua música, quanto pela produção de inúmeros artistas do gênero brega.


Faixas:

01 Não Se Vá, Meu Amor
02 Eu Pago Pra Ver
03 Peruca De Touro
04 Surra De Chicote
05 Tua Cabeça É Um Jardim
06 Melô Do Lalau
07 Não Passe Dessa Porta
08 Música Dos Bairros
09 Daquele Jeito
10 Não Troco Você Por Ninguém
11 Melô Dos Cão Didatos
12 Não Duvide Que Eu Dou
13 Prisioneiro Do Amor
14 Nem Divórcio, Nem Separação
15 Os Diamantes São Eternos
16 Novo Presidente
17 Money É Bom
18 Moça Bela
19 Fúria Louca
20 Sonho Real


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

A Patotinha (1) Abdias (2) Abílio Farias (7) Abílio Manoel (1) Absyntho (1) Adelino Nascimento (12) Adilson Ramos (8) Adriana (7) Adriano Santa Cruz (1) Agepê (1) Agildo Ribeiro (1) Agnaldo Rayol (2) Agnaldo Timoteo (17) Alcides Gerardi (1) Aldo Sena (1) Alípio Martins (14) Almir Ricard (1) Almir Rogério (7) Altemar Dutra (2) Amado Batista (18) Amelinha (1) Amilton Lelo (10) André Amazonas (1) Angela Maria (4) Angélica (1) Angelo Máximo (10) Anísio Silva (2) Antonio Carlos e Jocafi (1) Antonio Marazona (1) Antonio Marcos (21) Ary Lobo (1) Ary Toledo (1) Assisão (1) Augusto César (3) Babau do Pandeiro (6) Balthazar (7) Banda Cabeça Enfeitada (1) Barros de Alencar (12) Bartô Galeno (15) Bebeto (2) Benito di Paula (2) Beto Barbosa (6) Betto Dougllas (5) Biafra (7) Bianca (2) Bicho Véi do Brega (1) Boas-vindas (1) Borba de Paula (2) Canarinhos de Petrópolis (1) Capital do Sol (1) Carlito Gomes (3) Carlos Alberto (6) Carlos Alexandre (20) Carlos André (9) Carlos Colla (3) Carlos Gonzaga (2) Carlos José (1) Carlos Santos (8) Carlos Silva (1) Carmen Silva (12) Cast RCA (1) Cauby Peixoto (6) Célio Roberto (5) Cesar Sampaio (8) Chacrinha (1) Chico Amaro (1) Chico Lopes (1) Cid Moreira (1) Claudette Soares (2) Claudia (1) Claudia Barroso (11) Cláudia Telles (3) Claudio de Barros (1) Claudio Di Moro (3) Cláudio Fontana (4) Claudio Galeno (1) Claudio Roberto (3) Clemilda (1) Coro Infantil da FuNaBEM (1) Coroné (1) Coronel Ludugero (1) Cristiano Neves (1) Demetrius (1) Denis e Demian (1) Diana (18) Dicró (1) Dino Rossi (1) Discografia (14) Donizeti (2) Dory Edson (1) Dudu França (4) Ed Wilson (1) Édel Reis (2) Edelson Moura (1) Edson de Oliveira (1) Edson Duarte (4) Eduardo Araújo (3) Eli Correa (1) Eliana Pittman (1) Elino Julião (10) Elisângela (3) Elizabeth (2) Elymar Santos (1) Erasmo Carlos (7) Evaldo Braga (20) Evaldo Freire (8) Evinha (2) Fábio (1) Fábio Jr (9) Fafá De Belém (2) Falcão (7) Fernando Lelis (10) Fernando Luiz (5) Fernando Mendes (25) Franc Landi (1) Francis Dalva (3) Francisco Cuoco (13) Francisco Petrônio (7) Frankito Lopes (14) Fredson (6) Genghiskan (1) Genival Lacerda (9) Genival Santos (12) Geraldo Nunes (3) Giane (3) Gilberto Lemos (4) Gilberto Reis (1) Gilliard (14) Gilson (3) Gretchen (7) Harmony Cats (1) Heleninha (1) Heleno (5) Helio Portinhal (2) Hermes Aquino (1) Ismael Carlos (10) Ivan Peter (3) Ivon Cury (1) J. Aquino (5) Jacinto Limeira (1) Jair Rodrigues (1) Jane e Herondy (12) Jayne (1) Jerry Adriani (16) Jessé (1) Joanna (3) João Dias (1) João Gonçalves (2) João Só (1) João Viola (2) Joelma (9) Jorginho do Império (1) José Augusto (19) José Augusto Sergipano (1) José Orlando (4) José Ribeiro (8) José Roberto (5) Juanita (3) Juanita e Richard (3) Juca e Jeca (1) Juca Medalha (1) Julia Graciela (2) Júlio César (6) Júlio Nascimento (4) Kátia (13) Katia Cilene (1) Kleber (1) Lafayette (3) Latino (1) Leila (1) Leila Silva (1) Lenita Santos (1) Leno (2) Leno & Lilian (3) Leonardo (2) Lilian (9) Lindomar Castilho (17) Lindomar Lins (1) Lindú (1) Los Angeles (1) Luan e Vanessa (1) Luiz Américo (2) Luíz Caldas (1) Luiz Carlos Magno (3) Mamonas Assassinas (1) Mara (1) Marcelo (1) Marcelo Reis (4) Marcio França (3) Marcio Greyck (16) Marcio José (11) Marcos Roberto (10) Marcos Sabino (1) Marcus Pitter (1) Maria Alcina (3) Marinês (1) Mario Gomes (1) Maritza Fabiani (1) Marizinha (1) Markinhos Moura (3) Martinez (1) Martinha (7) Matogrosso e Mathias (1) Maurício Mattar (1) Maurício Reis (9) Maurinho da Mazzei (1) Maurinho Jr (1) Mauro Celso (3) Mauro Cotta (1) Mauro Sérgio (1) Meire Rose (1) Messias Holanda (4) Michael Sullivan e Paulo Massadas (2) Miguel Angelo (1) Miguel De Deus (1) Miltinho Rodrigues (1) Moacyr Franco (10) Nahim (3) Nalva Aguiar (6) Nelson Gonçalves (8) Nelson Montenegro (1) Nelson Ned (8) Nilton César (10) Nilton Lamas (5) Nora Ney (5) Noriel Vilela (1) Núbia Lafayette (10) Odair José (30) Onildo Almeida (1) Orlando Dias (4) Orlando Silva (2) Os 3 do Nordeste (1) Os Incríveis (2) Osvaldo Oliveira (2) Oswaldo Bezerra (5) Ovelha (5) Patrick (1) Paulo de Paula (4) Paulo Diniz (3) Paulo Henrique (2) Paulo Márcio (3) Paulo Moraes (1) Paulo Sergio (19) Peninha (9) Perla (19) Pholhas (1) Pinduca (3) Raimundo Soldado (9) Raul Gil (1) Raul Seixas (3) Raulzinho (1) Regina Duarte (1) Reginaldo Rossi (27) Renato e Seus Blue Caps (2) Ricardo Braga (11) Rita Cadillac (1) Ritchie (2) Roberto Barradas (2) Roberto Barreiros (2) Roberto Leal (6) Roberto Luna (1) Roberto Müller (6) Roberto Nunes (1) Ronaldo Adriano (6) Ronaldo Resedá (1) Ronnie Von (8) Rony Cardoso (1) Rosana (7) Rosemary (8) Rossini Pinto (1) Rufino (1) Sandra De Sá (1) Sandro Becker (4) Sara Sonaya (1) Sarajane (1) Sérgio Mallandro (9) Sérgio Reis (5) Sidney Magal (8) Silvana (1) Silvinha (2) Silvinho (3) Sol (2) Sueli (1) Sula Mazurega (1) Sula Miranda (1) Sylvinho (2) Tarântulas (1) Tarcys Andrade (1) Teixeira de Manaus (2) Tetê Espíndola (1) The Clevers (1) The Fevers (6) The Golden Boys (1) Tião Macalé (1) Tiririca (2) Tony Damito (3) Trio Esperança (1) Trio Irakitan (1) Trio Nordestino (1) Trio Xamego (1) Tutti-Frutti (1) Vanusa (12) Vários Artistas (120) Verônica Sabino (1) Vic McKenzie (1) Virgilio (1) Wagner Montes (2) Waldick Soriano (28) Waldir Ramos (3) Waldirene (6) Waleska (1) Walter Basso (3) Wanderléa (8) Wanderley Andrade (1) Wanderley Cardoso (8) Wando (14) Wilson Miranda (1) Yahoo (1) Zé Calixto (1) Zenilton (3) Zezinho Barros (1)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...